Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted by on jun 20, 2018 in Blog | 0 comments

Hoje, em 1980, Roberto Duran e Sugar Ray Leonard em uma das melhores lutas de todos os tempos

Hoje, em 1980, Roberto Duran e Sugar Ray Leonard em uma das melhores lutas de todos os tempos

Boxe Training | Boxe Curitiba | Venha Treinar Com A Gente

David Fletcher reflete sobre um confronto épico que viu Roberto Duran marcar seu lugar entre os imortais

20 de junho de 1980 foi a data para o primeiro combate de uma trilogia de lutas entre Roberto Duran e Sugar Ray Leonard. A luta foi apelidada de “Brawl in Montreal” e atraiu mais atenção em todo o mundo do que qualquer outra competição “não-pesada” na história, com exceção do encontro de Sugar Ray Robinson contra Carmen Basilio em 1956.

O Estádio Olímpico de Montreal foi o palco da luta, o mesmo lugar em que Leonard foi coroado campeão olímpico nos Jogos de 1976, capturando os corações do público americano.

Roberto Duran vs Sugar Ray Leonard 1980 primeiro encontro boxe training

Leonard estava defendendo seu cinturão do WBC, tendo conquistado o título em novembro anterior, derrotando Wilfred Benitez em um nocaute técnico com apenas alguns segundos restantes na 15ª e última rodada. Ele então conseguiu com sucesso vencer Dave Green da Grã-Bretanha três meses antes de chegar em Montreal.

Já Duran lutou com seu peso, que oscilou entre as lutas e tornou difícil para ele continuar defendendo seu título no peso leve. Ele subiu de peso para enfrentar Leonard, com uma bolsa garantida de um pouco mais de 3 milhões de reais.

Ambos os lutadores foram admirados pelo público que estava assistindo, mas por razões muito diferentes. Leonard era jovem, inteligente e bem preparado, enquanto Duran personificava o herói da classe trabalhadora; ao mesmo tempo robusto e destemido. A mídia apelidou a luta de “boxeador vs lutador, juventude vs experiência, mãos rápidas vs mãos de pedra”.

As opiniões do EXPERT foram fortemente divididas, levando à luta. Muitos acreditavam que a velocidade e a astúcia de Leonard seriam demais para o panamenho, enquanto outros preferiam a resistência de Duran e a capacidade de derrubar seu oponente.

Defendendo, O campeão Leonard cometeu o erro de lutar nos termos de Duran. O americano lutou de igual para igual com o adversário de grande impacto, negando sua altura superior e alcançando vantagem e jogando com os pontos fortes do veterano. O ícone do Panamá foi capaz de colocar Sugar Ray nas cordas e soltar uma série de golpes poderosos em sua cabeça e corpo.

Durante o segundo round, Leonard foi pego com uma forte mão direita na cabeça, o que o deixou cambaleando. Uma enxurrada de socos ajudou-o a limitar o ataque, mas não por muito tempo como Duran forçou as costas de Ray contra as cordas e continuou a feri-lo.

Leonard lutou bem e ganhou entre a quinta e a oitava rodada, mas Duran respondeu ameaçando voltar ao controle no nono round, cortando o olho direito do oponente no processo.

A luta foi a distância com Leonard na rodada final, mas era tarde demais. Duran causou dano suficiente e ganhou com uma decisão próxima, mas unânime, sobre o perfurador americano. Os dois boxeadores iriam entrar em confronto mais duas vezes, com Leonard ganhando em ambas as ocasiões contra um Duran já sem brilho que estava em pior forma do que em Montreal.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *